17/05/2021 Salvador26°C

'Revolução da Longevidade' aproxima população madura e novas tecnologias

Pioneira no estado, Instituto Amadurecer acelera as transformações sociais ligadas ao amadurecimento

Desconstruir conceitos equivocados sobre o envelhecimento é uma das principais necessidades da contemporaneidade. Fenômeno mundial, o amadurecimento da população já é visto em ¼ da população. No Brasil, dados obtidos no último censo do IBGE, revelaram que aproximadamente 13% da sua população tem idade superior aos 60 anos e 25%estão na faixa dos 50 anos.

Denominada “Revolução da Longevidade”, a população madura com carteira assinada e idade superior aos 65 anos, aumentou cerca de 43% entre os anos de 2013 e 2017. Economicamente ativa, essa parcela da população está cada vez mais atenta às tecnologias, produzindo conteúdo e ocupando novos espaços digitais.

Segundo dados do IBGE, o Brasil detém a 5ª maior população de idosos do mundo, enquanto a Bahia ocupa o sétimo lugar em aumento da população idosa do país. “Existe uma cultura do envelhecimento ativo saindo enfim da invisibilidade social, com isso uma revolução da longevidade já está acontecendo no mundo. A população envelheceu! Os idosos de amanhã, são os maduros de hoje”, pontua Rosa Correia, CEO do Instituto Amadurecer.

Conscientes que as demandas do dia a dia não são atendidas em virtude da falta de produtos direcionados às necessidades da população madura, o Instituto Amadurecer – entendeu essa demanda e lançou uma plataforma de impacto social à serviço da longevidade.

A conexão entre pessoas e dispositivos – cada vez mais abrangente, veloz e acessível – transformou a forma como as empresas e a sociedade se comunicam, interagem e se fazem presentes. Estamos vivendo um momento histórico e de muitas mudanças. O salto tecnológico ocorreu de forma acelerada em virtude da pandemia mundial e o mundo hoje se move intensamente por meios digitais”, destaca Rosa Correia.

Segundo projeções da Cisco, entre os anos 2019 e 2022 o volume de tráfego nas redes globais vai ultrapassar a soma de todos os anos de internet entre 1984 e 2016. Estima-se que existam mais de 12 bilhões de dispositivos habilitados para conexão móvel e IoT, criando mais tráfego nestes três anos do que nos 32 anos anteriores juntos.

A internet, a tecnologia e a conectividade mudaram o mundo e vivemos hoje a era da informação e estar posicionado nos meios digitais é a nova forma de se comunicar e interagir com o mundo”, conclui a CEO.

Rosângela Correia, CEO do Instituto Amadurecer //Foto: Divulgação

Diante das  novas possibilidades, o Instituto Amadurecer desenvolveu um banco de dados onde oferece, por meio da sua plataforma virtual (www.institutoamadurecer.com.br), uma série de  produtos e serviços nomeados como “Produto Social”, elaborados e disponibilizados por profissionais liberais conscientes e empresas socialmente dispostas a trabalhar com esse propósito, afim de que todos possam se posicionar e  retomar o mercado de trabalho, movimentando a economia,  trazendo a divulgação em larga escala de oferta em diversos segmentos, e viabilizando um novo recomeço profissional e econômico.

Conectamos pessoas,  empresas e profissionais de diversos segmentos, para que todos possam oferecer seus produtos/serviços, de forma   consciente e  praticável independente do momento que a economia atravesse. Saiba mais sobre o Instituto Amadurecer através do site www.institutoamadurecer.com.brinstagram.com/institutomadurecer, LinkedIn, Youtube ou pelo telefone 71 99690-2019.

 

Sobre o Instituto Amadurecer

Homens e mulheres com idade superior aos 45 anos experimentam uma nova etapa da vida: o processo de amadurecimento. É habitual nesta fase os questionamentos sobre existência, carreira, caminhos e escolhas, devido, principalmente, à singularidade em poder unir experiência, sabedoria e maturidade física.

Atentos à importância do amadurecimento, do acolhimento social e na busca por desmistificar os conceitos ultrapassados sobre o envelhecimento, surge em Salvador o Instituto Amadurecer.

Pensando na necessidade de preparar as pessoas para viverem de forma saudável, ativa, autônoma e participativa a maturidade, o Instituto Amadurecer reconhece que o processo de amadurecimento hoje, é diferente do vivenciado em décadas passadas, por isso valoriza a vida e a transformação humana, mostrando novos caminhos e descobertas que podem ser feitas após os 45 anos, destacando o quanto de belo e proveitoso pode existir na maturidade.

Por meio de produtos sociais, cursos on-line, workshops, vivências, mentorias e conteúdos exclusivos, o Instituto Amadurecer tem um compromisso em servir a sociedade, impactando a vida das pessoas de forma pessoal, profissional e social. “Uma das maiores conquistas de um povo em seu processo de evolução e humanização, é a escolha do amadurecimento consciente como ferramenta de desenvolvimento, isso reflete diretamente na vida do ser humano e da sociedade”, explica Rosangela Correia, 55, CEO e Fundadora do Instituto Amadurecer.

Carlos Sena

Sou Soteropolitano, Relações Públicas de formação, Político de opinião, Cervejeiro apaixonado por futebol e Pimenteiro como bom Baiano.


Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =


Sobre o Nosso Auê

Somos um novo portal que tem como objetivo compartilhar a cidade de Salvador, mostrar novos lugares, desbravar inúmeros cantinhos e sobretudo, conectar histórias! A vida lá fora é mágica e nós vamos desfrutar a nossa cidade junto com você, vamos fazer o Nosso Auê!


WhatsApp: (71) 98836-3724

contato@nossoaue.com

Rua Fernando José Guimarães Rocha, 35, Imbuí. Salvador – Bahia

© Copyright Nosso Auê 2021. Todos os direitos reservados

Futuring